8 de mar de 2015

O que você não quer

Lendo as atualizações da minha timeline vi algo que alguém importante me ensinou há mais de quatro meses e que talvez eu tenha esquecido em algum momento da caminhada e agora a linda, Dona Oncinha me relembrou com detalhe, doçura e simplicidade:


"Posso não saber exatamente o que eu quero da vida, mas o que eu não quero para mim eu tenho certeza. Talvez seja isso que realmente importa." (Ju Manzato)

Diversas vezes na vida a gente se percebe com tantas possibilidades, opções e caminhos alternativos que se apresentam como aparentes soluções aos problemas, obstáculos ou dificuldades,  que qualquer um de nós sendo seres humanos, vai enfrentar com diferentes graus de intensidade em algum momento da vida, que acabamos vivendo as dualidades de ter que escolher o que queremos pra nós e é exatamente aí que começa a real dificuldade: o que eu quero pra mim? o que é melhor pra mim?


Imagem: reprodução

2 de mar de 2015

Ação e reação

Um fato sobre mim:

Eu realmente gosto muito do novo! - explicarei logo mais, antes alguns detalhes "que são meus e que não abro mão..."

Faltam 54 minutos para o segundo dia do mês acabar e eu estou aqui digitando a todo vapor para cumprir um prazo de sete dias que tinha para fazer isso (postar aqui) e que como diversas outras coisas deixei para a última hora.

Sobre o novo, o mês começou ontem para trazer coisas diferentes para minha vida, mas só vou ter resultado das novas escolhas que realizei se tiver disciplina e habilidade para escolher  me conhecer e reconhecer diariamente para assim optar sempre pelo que de fato irá preservar e representar quem eu sou. Por isso tenho pensado muito sobre escolhas e é isso que julgo válido compartilhar.

"É preciso ter coragem de agir em vez de reagir." (Earlene Larson Jenks)

Imagem: reprodução